CLIN (ARCOR®, SURSULF®, TENIFER®, TUFFTRIDE®, MELONITE®, NUTRIDE®, QPQ)

CLIN (do inglês, Controlled Liquid Ionic Nitrocarburizing) é a família de tratamentos que compreendem os processos de nitrocarbonetação (ou nitretação), da HEF Durferrit.

Mundialmente consagrados, os tratamentos de nitretação em meio líquido da HEF Durferrit são conhecidos pelas marcas: ARCOR®, SURSULF®, TENIFER®, TUFFTRIDE®, MELONITE®, NUTRIDE® e QPQ.

Aplicados principalmente em componentes de ligas ferrosas (aços e ferros fundidos), e geralmente conduzidos em baixas temperaturas (se comparado a outros processos de tratamento termoquímico), os tratamentos CLIN introduzem nitrogênio e carbono na superfície dos componentes tratados e oferecem a vantagem de promover baixíssima distorção dimensional.

Como resultado do tratamento, é promovido um substancial incremento das propriedades de resistência ao desgaste (sobretudo adesivo), à fadiga, à corrosão e ao engripamento, além da redução do coeficiente de atrito e da adesão a outros metais (como o alumínio).

Ao final do tratamento, são identificáveis duas regiões distintas na superfície do material:

  • 1. Camada de compostos (camada branca) composta por nitretos de ferro e de elementos de liga precipitados, com espessura de até 30 micrômetros e região de porosidade superficial que garante retenção de óleo lubrificante e melhores propriedades tribológicas. É a principal responsável pelas propriedades de resistência ao desgaste, à corrosão e ao engripamento, além da redução do coeficiente de atrito e da adesão a outros metais (como o alumínio)
  • Zona de difusão, logo abaixo da camada branca, geralmente composta por nitrogênio em solução sólida e na forma de nitretos de ferro e nitretos de elementos de liga, dispersos na microestrutura do aço, com espessura que pode atingir até alguns décimos de milímetros. É a principal responsável pela propriedade de resistência à fadiga.

Os processos CLIN, principalmente quando associados a uma etapa de acabamento superficial e um tratamento de pós-oxidação, proporcionam às peças tratadas notável resistência à corrosão, podendo ultrapassar 700 horas no ensaio de salt spray. Por este motivo os processos CLIN têm substituído com diversas vantagens revestimentos galvânicos, tais como cromo, zinco, cádmio e níquel. Têm sido também excelentes opções para permitir a substituição de componentes de aço inox por aço carbono, gerando redução de custos.

Os tratamentos CLIN da HEF Durferrit atendem às mais severas normas ambientais, não sendo alvo de obstrução por regulamentações europeias, tais como a REACH ou SEVESO. Este fato, aliado às características técnicas resultantes do tratamento, tem impulsionado a utilização dos processos CLIN como alternativa ambiental e sustentável à deposição de cromo duro, sobretudo no segmento automotivo.

Inúmeras indústrias atualmente fazem uso das tecnologias CLIN da HEF Durferrit, como por exemplo:

  • Automotiva
  • Aeroespacial
  • Agrícola
  • Alimentícia
  • Ferramentas
  • Óleo e gás
  • Máquinas e equipamentos
  • Geração de energia
  • Bélica
  • Eletroeletrônica