FERROBLACK®

Os processos FERROBLACK® são a primeira opção quando se trata de oxidação negra a quente.

Nossos processos são realizados em temperaturas de 135 a 140ºC, e utilizam soluções cáusticas para promover a oxidação da superfície. Ao final do ciclo de tratamento, a superfície é convertida em uma camada de Magnetita (Fe3O4), fortemente aderida e de coloração negra.

Por se tratar de um tratamento de conversão de superfície, e não de deposição, as características dimensionais de componentes e ferramentas não são alteradas e nem mesmo existe chance de “descascamento” da camada resultante do processo.

Em conjunto com óleos protetivos desaguantes, também parte do processo FERROBLACK®, é possível aumentar significativamente a resistência à corrosão de componentes em ambientes com pH neutro ou levemente alcalino (por exemplo, no caso de componentes em contato com óleos de sistemas de câmbio).

Além disso, as camadas resultantes da conversão têm a capacidade de contribuir para dificultar modos de desgaste adesivo de componentes concebidos para operação em deslizamento e rolamento. Especificamente, projetos de superfícies em movimento relativo que se utilizam desta solução visam melhorar o comportamento de running-in, proteção contra micropitting, resistência à permeação do hidrogênio, e aumento de resistência aos desgastes adesivos de “smearing”, “galling” e “scuffing”.

Dados os benefícios de resistência à corrosão e ao desgaste em conjunto com a alta competitividade da solução FERROBLACK®, sua utilização tem alcançado múltiplas aplicações, como por exemplo: rolamentos, componentes do sistema de câmbio, componentes de contato elétrico, fixadores, parafusos, ferramentas manuais, suportes, componentes de armas de fogo, etc. Dessa maneira, variados segmentos se utilizam dos benefícios desta solução, tais como:

  • Automotivo
  • Ferramentas
  • Máquinas e equipamentos
  • Eletroeletrônico
  • Indústria bélica