ASPERSÃO TÉRMICA

Os revestimentos aplicados através de processos de aspersão térmica são reconhecidamente uma solução tecnológica para enfrentar problemas de desgaste e corrosão.

A HEF Durferrit, com base em sua longa experiência na aplicação de revestimentos e conhecimento da tribologia e engenharia de superfícies, aprimora e oferece ao mercado suas soluções para aspersão térmica, utilizando-se de processos via arco elétrico e plasma.

Aspersão térmica via arco elétrico

Neste processo, um arco é formado pelo contato de dois arames eletricamente carregados por cargas opostas, o que leva à fusão do material do arame. Com a utilização de ar comprimido, o material fundido produzido a partir de metais puros ou ligas metálicas é atomizado e acelerado contra a superfície do componente a ser revestido.

Assim, de acordo com as características almejadas, as superfícies podem apresentar diferentes níveis de resistência ao desgaste, à corrosão, e condutibilidade ou isolamento elétrico/térmico.

Exceto Cobre, todos os metais podem ser revestidos por esta técnica.

divisoria

Aspersão térmica via plasma

Um arco elétrico de alta frequência é iniciado entre um ânodo e um catodo presentes na pistola de aplicação. Nesta região, um gás ou mistura de gases é ionizado a ponto de resultar numa “nuvem” que se propaga em direção ao substrato a ser revestido.

Então, o material de revestimento em pó (nesse caso um metal, uma cerâmica ou um Cermet) é adicionado à “nuvem” de plasma, que o funde e o lança contra a superfície a ser protegida.

Logo, é possível obter revestimentos refratários, resistência à abrasão e erosão, resistência à corrosão por fretting, condutibilidade ou isolamento térmico/elétrico, e melhora nas propriedades de atrito.

Todos os materiais não-orgânicos podem ser revestidos com esta solução à exceção de Cobre.

Dispondo de ambas as tecnologias, a HEF Durferrit é capaz de propor o processo mais adequado para cada aplicação, tanto do ponto-de-vista técnico quanto econômico.

Variadas aplicações fazem uso desta tecnologia, por exemplo: cilindros para fabricação de papel, sincronizadores e garfos de mudança de marcha, palheta de turbinas, pinos de virabrequim, turbo compressores, componentes com necessidade de blindagem eletromagnética, punções de conformação, passa fio, próteses médicas, etc.

Diversas indústrias fazem uso desta solução oferecida pela HEF Durferrit, a exemplo dos segmentos:

  • Automotiva
  • Geração de energia
  • Indústria pesada e de base
  • Têxtil
  • Ferramentas
  • Agrícola e de alimentos